A memória entre intensidade e representação

Ricardo Salztrager

Resumo


A proposta do artigo é analisar o tema da memória no pensamento freudiano com base na concepção de que a atividade mnêmica jamais pode ser reduzida à sua dimensão representacional. Assim, é destacado o aspecto propriamente intensivo dos processos mnêmicos através de um exame daquilo que neles escapa à possibilidade de representação vinculando-se à ordem do indizível, aos jogos pulsionais subjacentes ao domínio da memória e ao campo dos afetos.

Palavras-chave


memória; representação; intensidade; psicanálise.

Texto completo:

PDF

Referências


Breuer, J. & Freud, S. (1893/1996). Estudos sobre histeria. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 2. Rio de Janeiro: Imago.

Freud, S. (1895/1996). Projeto para uma psicologia científica. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 1. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1896/1996). Carta 52. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 1. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1899/1996). Lembranças encobridoras. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 3. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1900/1996). A interpretação de sonhos. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 4 e 5. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1904/1996). O método psicanalítico de Freud. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 7. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1914/1996). Recordar, repetir e elaborar. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 12. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1915/1996). O inconsciente. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 14. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1918/1996). História de uma neurose infantil. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 17. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1920/1996). Além do princípio de prazer. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 18. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1926/1996). Inibição, sintoma e angústia. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 20. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1930/1996). O mal-estar na civilização. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 21. Rio de Janeiro: Imago.

————. (1937/1996). Construções em análise. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 23. Rio de Janeiro: Imago.

Garcia-Roza, L. A. (1996). Introdução à metapsicologia freudiana, v. 2. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Herzog, R. (2001). As duas faces do desejo. In: Cosentino, J. (org.). O estranho na clínica psicanalítica (pp. 27-41). Rio de Janeiro: Contra capa.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.