O avesso da psicanálise: novo estatuto do pai?

Autores

  • Nádia Laguárdia de Lima UFMG - Professora Adjunta

Palavras-chave:

avesso, psicanálise, objeto, inconsistência, pai

Resumo

Resumo: Intenta-se, neste artigo, através do debate teórico, demonstrar que Lacan, em seu seminário O avesso da psicanálise (1969-1970/1992), formula as bases para um novo estatuto do pai, que vai além do pai da metáfora paterna. Para realizar esta reflexão, apresenta uma articulação entre a inconsistência do Outro e a inconsistência do pai, tendo como fio condutor o real como impossível. O artigo está dividido em duas partes. Primeiramente, destaca algumas formulações de Lacan desde o final da década de 1950, que o levam a ultrapassar o pai freudiano. Posteriormente, apresenta algumas vias percorridas por Lacan, em O avesso da psicanálise, para alcançar o novo estatuto do pai. 

Abstract: One strives, in this article through the theoretical debate, to demonstrate that Lacan, in his seminar The reverse side of psychoanalysis (1969-1970/1992), formulates the basis for a new law of the father that goes beyond the father of the paternal metaphor. In order to carry out this reflection, he presents an articulation between the inconsistency of the Other and the inconsistency of the father, having as line of thinking the real as impossible. The article is divided in two parts. In the first one, it highlights some Lacan’s formulations, since the end of the decade of 1950, that lead him to surpass the Freudian father. In the second, it presents certain ways covered by Lacan in The reverse side of psychoanalysis, in order to reach a new law of the father. 

Resume : On s'efforce, dans cet article à travers du débat théorique, démontrer que Lacan, dans son séminaire L'envers de la psychanalyse (1969-1970/1992), formule les bases d'un nouveau statut du père qui dépasse le père de la métaphore paternelle. Pour mener bien à cette réflexion, il présente une articulation entre l'inconsistance de l'Autre et l'inconsistance du père, ayant comme point de vue le réel comme impossible. L'article est divisé en deux parties. Dans la première, il souligne quelques formulations de Lacan, depuis la fin de la décennie de 1950, qui l'amènent à dépasser le père freudien. Dans la deuxième, il présente quelques voies parcourues par Lacan dans L'envers de la psychanalyse, afin d'atteindre le nouveau statut du père. 

Biografia do Autor

Nádia Laguárdia de Lima, UFMG - Professora Adjunta

Professora do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFMG

Referências

Brousse, M.H. (2000). Los cuatro discursos y el Otro de la modernidade. Santiago de Cali: Letra.

Guèguen, P.G. (2007). A Gênese do Outro que não existe. Em: Revista Asephallus. 03 (5), 11-16. Recuperado em 23/05/2017 em: http://www.isepol.com/asephallus/numero_05/traducao_01.htm

Lacan, J. (1998). Subversão do sujeito e dialética do desejo no inconsciente freudiano. In: Lacan, Jacques. Escritos. Trad. Vera Ribeiro (pp. 807-842). Rio de Janeiro: Zahar. (Obra original publicada em 1960).

Lacan, J. (1998). A ciência e a verdade. In: Lacan, J. Escritos. Trad. Vera Ribeiro. (pp. 855-892). Rio de Janeiro: Zahar. (Obra original publicada em 1965-1966).

Lacan, J. (1999). O seminário, livro 5: As formações do inconsciente. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1957-1958).

Lacan, J (2016). O seminário, livro 6: O desejo e sua interpretação. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1958-1959).

Lacan, J (1997). O seminário, livro 7: A ética da psicanálise. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1959-1960).

Lacan, J. (1992). O seminário, livro 8: A transferência. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1960-1961).

Lacan, J. (1961-1962). O seminário, livro 9: A identificação. (Obra ainda não publicada comercialmente).

Lacan, J (2005). O seminário, livro 10: A angústia. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1962-1963).

Lacan, J. (1967-1968). O seminário, livro 15: O ato psicanalítico. (Obra ainda não publicada comercialmente).

Lacan, J (2008). O seminário, livro 16: De um Outro ao outro. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1968-1969).

Lacan, J (1992). O seminário, livro 17: O avesso da psicanálise. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1969-1970).

Lacan, J (1985). O seminário, livro 20: Mais, ainda. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1972-1973).

Lacan, J. (1974-1975). O seminário, livro 22: R,S,I. (Obra ainda não publicada comercialmente).

Lacan, J. (2007). O seminário, livro 23: O sinthoma. Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. (Obra original publicada em 1975-1976).

Lacan, J. (2005) Nomes-do-Pai. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. (Obra original publicada em 1963).

Miller, J. A. (2005-2006). Illuminations profanes. Curso de Orientação Lacaniana 3(8). Recuperado em 24/04/2017 em: http://jonathanleroy.be/wp-content/uploads/2016/01/2005-2006-Illuminations-profanes-JA-Miller.pdf

Miller, J. A. (2007). Uma leitura do Seminário, livro 16: de um Outro ao outro. Opção Lacaniana (48), pp. 9-42, São Paulo: Eólia.

Miller, J. A. (2011a). Extimidad. Los cursos psicoanalíticos de Jacques-Alain Miller. Buenos Aires: Paidós.

Miller, J. A. (2011b). Perspectivas dos Escritos e Outros Escritos de Lacan. Entre desejo e gozo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Miller, J. A. (2013). O Outro sem o Outro. Boletim da Escola Brasileira de Psicanálise. Boletim da Escola Brasileira de Psicanálise. Nov. 2013. Recuperado em 23/05/2017 em: http://www.ebp.org.br/dr/orientacao/orientacao005.asp

Porge, E. (1998). Os Nomes do Pai em Jacques Lacan. Rio de Janeiro: Cia de Freud, 1998.

Quinet, A. (2006). Psicose e Laço Social. Esquizofrenia, paranoia e melancolia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Skriabine, P. (2014). Nó. Em: Scilicet. Um real para o século XX. Associação Mundial de Psicanálise. E.B.P. (pp. 257-259). Belo Horizonte: Scriptum.

Solano-Suárez, E (2007). O objeto causa do desejo e o pai. Revista Opção Lacaniana on-line. (20). Recuperado em 04/03/2017 em: http://www.opcaolacaniana.com.br/antigos/n4/textod.asp

Soler, C. (2012). Lacan, o inconsciente reinventado. Rio de Janeiro: Cia de Freud.

Wachsberger, H. (2008). S (A barrado). Em: Scilicet. Os objetos a na experiência psicanalítica. Associação Mundial de Psicanálise. (pp. 304-306). Rio de Janeiro: Contra Capa.

Zizek, S. (1992) Eles não sabem o que fazem. O sublime objeto da ideologia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor.

Downloads

Publicado

2017-06-13

Edição

Seção

Artigos